Hiroshi Bogéa On line

Nagib confirma rompimento com prefeito Maurino

 

 

Do jeitinho que foi antecipado pelo pôster, o presidente da Câmara de Marabá, Nagib Mutran Neto, anunciou seu rompimento com o prefeito Maurino Magalhães, em contato com a imprensa, na sessão de terça-feira, 8, do legislativo.

De quebra, ainda facilitou a mobilização de nove vereadores para a derrubada de um veto do prefeito a projeto de reajuste de salário dos professores readaptados. Como a votação  era secreta, o presidente da Câmara Municipal fez questão de declarar que estava votando pela derrubada do veto, caracterizando, com o gesto,  seu afastamento definitivo do chefe do executivo.

Ao ser indagado se com a decisão de romper com a chamada base aliada sinalizava seu apoio à pré-candidatura de João Salame (PPS) à prefeitura de Marabá,  Nagib disse que não estava preocupado em personalizar qual rumo tomaria na disputa pela prefeitura.”Eu sou PMDB, e a decisão do partido será a minha decisão, enfatizando também que “ Jader (Barbalho) nunca foi de meter a colher nas decisões municipais do PMDB” – numa resposta aos rumores de que o partido poderia aliar-se à candidatura de Sebastião Miranda (PTB) por imposição do senador Barbalho.

Nos bastidores, no entanto, Nagib Mutran vem trabalhando para consolidar a união dos grandes partidos em torno da futura candidatura de João Salame.

Post de 

7 Comentários

  1. Anônimo

    10 de maio de 2012 - 08:12 - 8:12
    Reply

    O anônimo das 14:43, me parece que está na coleira de algum político, que não é o TIÃO. Por isso a indignação do mesmo. Faz a campanha do teu candidato e pronto! E deixa o lixo pra outro limpar, é essa a tua visão da política de Marabá, ou estou enganado!!!!!! Não é assim que a banda toca….

  2. fanaticos chorem

    9 de maio de 2012 - 23:55 - 23:55
    Reply

    caro poster se prepare, para seu desespero em breve terás que noticiar o apoio de Nagib e João Salame a candidatura do Tião Miranda a prefeitura de Maraba.
    não sei qual o seu motivo para praticar tal terrorismo ao candidato Tião, mas terás que publicar essa aliança em breve!

  3. anônimo

    9 de maio de 2012 - 22:44 - 22:44
    Reply

    Nagib, te conheço bastante, e sei que tens uma excelente memória : Porém, e sempre bom, se avivar sempre, para não incorrermos nos erros
    do passado ( onde houveram muitas traições ), inclusive vale lembrar, que foi o então Gov. Jader barbalho, que deu ordens, para que a base aliada ( seus comandados Deputados Estaduais ) à epoca, cassassem o Mandato
    do Dep. Vavá Mutran, por ser o responsavel direto pelo assassinato do Fiscal da Receita Estadual . Tanto, que além de cassado, também foi preso.Fato amplamente divulgado, e que lamentamos profundamente. Então, Nagib, fique com um pé na frente e outro atrás : Pois, o Jader, para
    alcançar os seus objetivos passa por cima de qualquer aliado .

  4. Anônimo

    9 de maio de 2012 - 21:28 - 21:28
    Reply

    Se a CPI da saúde Sair,Queremos justiça.deste mandato é das duas gestoes anteriores.a Ana Júlia deu apoio ao HMI.é o Jatene com o seu candidato a prefeito de Marabá.estes sao os maiores responsavés por tudo que está acontecendo.

  5. Anônimo

    9 de maio de 2012 - 21:18 - 21:18
    Reply

    Se a CPI da saúde Sair,Queremos justiça.deste mandato é das duas gestoes anteriores.

  6. anonimo

    9 de maio de 2012 - 14:43 - 14:43
    Reply

    O anonimo das 12:56 se sair a CPI da saude vai ficar mal para o seu candidato Tião do Não pois vai aparecer cancelamento do convenio existente entre o HMI e o Hospital Regional que existia bem como o cancelamento da verba de R$ 300.000 que o Estado repassava todos os meses para que o HMI atendesse não so Maraba.Os cancelamentos tiveram o dedo do seu candidato homem forte do Jatene.

  7. Anônimo

    9 de maio de 2012 - 12:56 - 12:56
    Reply

    NAGIB, VAMOS ASSINAR A CPI DA SAÚDE, tira de vez este veu que encobre as mentiras desse governo. Tenha mais ombridade e menos falacias nos discursos, tenha atitude de um verdadeiro representante do povo.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *