Hiroshi Bogéa On line

Na vida real de Mário Couto, Boletim de Ocorrência cabe melhor

 

 

Se serve de consolo ao cidadão Elder Lisboa, atingido em sua integridade de forma até obscena, não é a primeira vez que Mário Couto se utiliza do mandato de senador, e até da tribuna do Senado, para tentar enlamear aqueles que investigam as fraudes na Alepa.

Ele fez o mesmo, há alguns meses, com outro servidor público que também tem aquilo roxo: o promotor de Justiça Nelson Medrado.

Na tribuna do Senado, Couto enxovalhou o promotor, igualmente conhecido pelo rigor e pela conduta insuspeita.

Por isso, é preciso que a Comissão de Ética do Senado da República investigue Mário Couto, cujas pressões sobre aqueles que apuram as fraudes na Alepa são absolutamente incompatíveis com o comportamento que se espera de um Senador.

 

Excerto do blog Perereca da Vizinha, uma imersão  ao mundo da pregressa vida  do senador Mário Couto – vergonha da política nacional.

Para ler o texto completo  das diabruras nada republicanas do senador-cartola, AQUI. 

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *