Na estratégia de Tião Miranda, o sucessor dele é ele mesmo

Publicado em 12 de julho de 2021

Uma jogada de esperteza estaria sendo planejada pelo prefeito de Marabá, Tião Miranda – de olho em sua sucessão na prefeitura de Marabá, em 2024.

A primeira mexida de pedra ocorrerá nas eleições do ano que vem: eleger deputado estadual o Thiago Miranda, atual Secretário de Esportes de Marabá e filho do prefeito.

Exercendo mandato por quase dois anos, após a eleição de 2022, Thiago acumularia experieência política e se projetaria dez vez no cenário político.

O passo seguinte, na visão de quem  analisa as  estratégias do prefeito de Marabá, seria preparar o filho à segunda disputa, em 2024.

Uma disputa para a qual Tião Miranda renunciaria ao mandato seis meses antes da eleição municipal, deixando o cargo sob a responsabilidade de seu vice, Luciano Dias, pessoa de extrema confiança do atual chefe do executivo marabaense.

Daí em diante, Tião colocaria os pés nas ruas com o filho à tiracolo.

A conferir.

—————

Nota do blog:  legalmente, Tião pode renunciar ao mandato em favor da candidatura do filho. A resolução do  TSE nº 21.406/2004 lhe permite essa movimentação:  se o prefeito for reelegível e renunciar ao mandato no prazo legal, podem se candidatar também a prefeito e vice-prefeito parentes de 1o e 2o graus.