Na corda bamba

Publicado em 5 de abril de 2008

Comentarista de Parauapebas garante que nesta semana chegante o procurador-geral do município, será interpelado pela OAB local.

A bronca refere-se a posição anti-ética de Hernandes Margalho de manter um escritório particular de advocacia cuidando de ações de interesse da prefeitura. “Como no futebol, ele cruza e corre para cabecear”, diz.

Comentário prevê, inclusive, a partir do mês de maio, explosão de escândalosde proporções nacionais envolvendo o procurador -, inclusive com participação da OAB nacional”.

A conferir.