Na borda da canoa

Publicado em 9 de setembro de 2008

A jusante de Marabá, com a chegada da noite, pescador amarra a canoa embaixo de um pé de frutas, no remanso do Tocantins. Logo, logo, começa a fisgar peixes que aguardam as frutinhas caindo da árvore.

Essa é uma marca dos homens de ribanceiras.