Hiroshi Bogéa On line
Post de 

2 Comentários

  1. karla Maues

    14 de setembro de 2011 - 18:45 - 18:45
    Reply

    No decorrer dos proximos anos com toda certeza, ficaremos surpesos com o aumento dos empregos diretamente aqui em Santarem e indiretamente nos municpios por onde passarão a Rod 163 e a ferrovia Cuiabá- Santarém.
    Diretamente em Marabá, e indiretamente nos municpios vizinhos, com a hidrovia e os projetos que beneficiarão o minério, Aline e Alpa,
    Com a implantação destas obras, nestas regioes , ao contrario de Belem, a oferta de emprego triplicará e faltará mão de obra qualificada.
    Assim como um curso de medicina pra nos aqui de Santarem era um sonho e ja esta prestes a formar a primeira turma, assim também será com as outras cidades.
    Mas faça sua parte e cobre dos seus prefeitos que comprem menos fazendas e carrões importados e trabalhem mais pela população heim!

  2. empregos

    14 de setembro de 2011 - 17:27 - 17:27
    Reply

    Aí está a realidade. Belém, Ananindeua e Marabá, o trio de ouro. Belém fica com Ananindeua e Marabá com o seu destino carajaense. Como é que não somos viáveis. Quem disse que vamos provocar onus, Que não temos sustentabilidade. A hora é do Sim, Bom para todos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *