MST promove ações para lembrar 19 anos da morte de 19 sem-terras na Curva do S

Publicado em 11 de abril de 2015

 

 Iniciadas dia 10 de abril,   atividades patrocinadas pelo MST no Pará alusivas ao Dia Internacional de Luta Camponesa prosseguem.

Patrocinadas pelo MST, as ações envolvem encontros, inaugurações, eventos e o tradicional fechamento da BR-155, na Curva do S, para lembrar as mortes de 19 sem-terras, ocorridas em 17 de abril de 1996.

No embalo,  eventos promovidos pelo MST no estado pretendem comemorar os 25 anos do MST no Pará com o lançamento do livro: O MST e a Luta pela Terra no Pará, de André Carlos Rocha, lançado pela Editorial Iguana.

O livro relata os principais momentos de constituição do movimento no estado paraense, bem como os acontecimentos primordiais que fizeram do MST Pará figura social notória na política  e na organização de uma massa de despossuídos da terra na Amazônia.

Fora isso, esse ano a programação do Acampamento da Juventude contará com o FIACINEFRONT- Festival Internacional Amazônia de Cinema de Fronteiras – realizado pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará / UNIFESSPA com colaboração de entidades e movimentos sociais da região.

As temáticas dos filmes abordam a realidade da Amazônia, desde o período colonial explorada meramente como fonte de matéria-prima e recursos minerais, e hoje figurando como região de potencial hidrelétrico, do agronegócio e da mineração.