Hiroshi Bogéa On line

MST implanta centro de estudos no Pará

 

 

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) do Pará fará, no próximo dia 03 de fevereiro, a partir das 18h30, na sede da Sociedade Paraense de Direitos Humanos (SDDH), a apresentação oficial do Centro de Estudos e Formação em Agroecologia e Cultura Cabana (Cefac), que será implantado no estado com a parceria da Universidade de Alicante (Espanha) e da Incubadora de Projetos da UFPA.

O projeto é inspirado nas experiências acumuladas pela Via Campesina em vários países e tem como uma de suas referências principais o trabalho da Escola Nacional Florestan Fernandes.

A sede do Cefac está sendo construída na cidade de Irituia (PA) e será erguida pela brigada de trabalhadores voluntários do Assentamento Luiz Carlos Prestes. Cerca de 70 famílias moram no assentamento desde 2007. Elas doaram 5 hectares de terra para a construção do centro de estudos. O MST prevê abrir as portas do centro em abril.

 

Com informação de   Erika Morhy da Ascom da SDDH

 

Post de 

5 Comentários

  1. Jonatas

    3 de fevereiro de 2012 - 16:03 - 16:03
    Reply

    êêêê Brasil … O velho problema dos analfabetos funcionais … E tem gente que ainda não acredita …

  2. Roberto

    3 de fevereiro de 2012 - 10:37 - 10:37
    Reply

    Anônimo,vejo que você deve ser um deles ou simpatizante da “causa”.
    Também penso que você viva em alguma cidade e não no meio rural. Eu conheço o modus operandi desta gente e principalmente de seus “lideres”,que fazem da grande maioria,massa de manobra.Gostaria que você estivesse no meio de uma invasão,como eu já estive,para talvez mudar de opinião.Esta “escola” no nordeste paraense,certamente tem “outras” intenções e não somente AGROECOLOGIA E CULTURA CABANA. Logo logo vamos ver os reais objetivos desta empreitada do MST.Espero que as autoridades e pessoas sérias do Pará,saibam dar uma resposta para esta situação.

  3. Anônimo

    3 de fevereiro de 2012 - 09:36 - 9:36
    Reply

    Vão ensinar Agroecologia e cultura cabana”!

    Centro de Estudos e Formação em Agroecologia e Cultura Cabana (Cefac) Esse é o nome do centro.

    Esse é o nosso país… Progresso é o povo feliz!
    Não tem jeito por mais que ____________Não compreendam .. A constituição desse país prevê direitos iguais a todos e isso inclui escola, terra, saude, educação… ih tanta coisa que historicamente sempre foi negada aos trabalhadores … que então passaram a se ocupar da LUTA!

    Ixe ainda vão mais longe … enquato parte da sociedade os denominam DESOCUPADOS estamos nos ocupando de tudo que diz respeito a um mundo melhor pra quem sempre viveu a margem dessa sociedade..

    e veja o projeto é inpirado em experiencias em vários paises… Ta vendo como essas pessoas estão ocupadas no mundo inteiro!
    E mais tem “doutores” “mestres” gente que muito estudou envolvidos nessa “OCUPAÇÃO” e a Universidade pública fedeeral do Pará..

    Leiam o texto de novo … não me parece coisa de bando, nem de desocupados!

  4. Raimundão

    2 de fevereiro de 2012 - 19:43 - 19:43
    Reply

    Vão ensinar como invadir terras, ou será que eles têm outra coisa para ensinar?

  5. Roberto

    2 de fevereiro de 2012 - 16:40 - 16:40
    Reply

    Égua,depois de barbarizarem no sul do Pará e em todas as regiões paraenses que tem terras boas para invasões,estes bandidos desocupados vão fazer “escola” no nosso Estado?
    Valha-nos quem Nossa Senhora !.!.!.!.!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *