MP protocola Ação contra Estado

693 crimes cometidos por menores em Marabá, durante o ano de 2007, integram estatística do Mundo-Cão auferido pelo Ministério Público Estadual em Ação Civil Pública com pedido de liminar ajuizada pela Promotoria da Infância e Juventude do município.

Este número assustador pode ser bem maior, considerando-se a existência de dezenas de sub-registros, ou atos não contabilizados oficialmente pelas vítimas de violência por não acreditarem na eficiência da polícia.

A Ação Civil Pública, entre outros objetos, dá prazo de três meses para o governo estadual construir e instalar uma Delegacia de Atendimento ao Adolescente (Data).

Detalhe: as promotoras Josélia de Barros Lopes e Francisca Suênia de Sá, autoras da ACP, estão mais ainda alarmadas com o recrudescimento dos números negativos de aços criminosas praticadas por menores somente nos três primeiros meses do ano: 65.