MP investiga suposto desvio de recursos no Instituto Santa Rosa, que atende crianças e adolescente em bairro carente

A denúncia está sendo investigada pelo Ministério Público.

Mais de R$ 70 mil teriam sido desviados em pagamentos irregulares de remuneração a dirigentes da entidade quando ela ainda era Fundação – depois transformada em Instituto  Casa da Criança Santa Rosa, tradicional entidade de interesse social que funciona há vários anos no bairro Santa Rosa, Núcleo Velha Marabá – um dos mais carentes do município.

A jogada teria beneficiado meia dúzia de pessoas que deveriam atuar na entidade  em caráter voluntário.

Uma ex-presidente da antiga fundação é apontada como beneficiária principal das investigadas irregularidades.

A partir de amanhã, o blog começará a publicar a denúncia, citando nomes dos envolvidos na acusação que tramita no Parquet de Marabá.