MP de olho na dengue e no Lago de Tucuruí

Publicado em 24 de janeiro de 2012

 

 

Em duas frentes, membros do Ministério Público Estadual tentam mediar conflitos antigos e atuais.

O MP de Marabá, através da promotora de Meio Ambiente, Josélia de Barros, convocou servidores da Secretaria de Saúde do município para cobrar ações de combate a dengue, cujos altos índices da enfermidade transformaram o município num dos que mais registra casos da endemia.

Em outro plano, mais precisamente em Tucuruí, promotores daquele município e de Marabá, Goianésia, Novo Repartimento e Itupiranga anotaram reclamações de famílias atingidas pelo represamento do rio Tocantins.

Situações vexatórias que se arrastam desde o fechamento da barragem, num longo e inexplicável um ciclo de quase trinta anos, sem que as autoridades resolvam questões simples e complexas – envolvendo milhares de pessoas pobres, sofridas e usadas.

Na reunião de Tucuruí, o MP organizou uma agenda para discutir sua aplicação junto a Eletronorte e aos órgãos ambientais.