Morre Nonato, um dos fundadores do Sindicato dos Taxistas de Imperatriz

Publicado em 7 de junho de 2015

 

NonatoFaleceu na madrugada deste domingo, 7, Raimundo Nonato Nascimento, um dos fundadores do Sindicato dos Taxistas de Imperatriz.

Nonato ajudou a fundar e presidiu o sindicato por alguns anos.

A entidade foi criada num dos períodos mais difíceis da vida política brasileira, mais precisamente nos anos 70, quando o regime militar sufocava os movimentos sociais e cooptava, pelo poder da ditadura, lideranças populares e a maioria dos sindicalistas.

Ao perceber que a profissão de  taxista começava a se expandir de forma desordenada em Imperatriz, Raimundo Nonato e outros baluartes, trataram de organizar a classe, fundando o primeiro sindicato da profissão,  no interior do Maranhão.

Lutando contra um câncer, Nonato não resistiu à agressividade da doença, vindo a falecer a 1h10 deste domingo, ao lado de seus familiares, num leito hospitalar de Imperatriz.

Além da viúva Izilda Pires, o ex-sindicalista deixa os filhos Soraya, Raimundo Junior, Thais e Fernando – e os irmãos Rita, Creuza e Sonia Silva, além de três netos.

Cunhado de Nonato, o  poster lamenta, profundamente, a perda de uma figura humana maravilhosa, humana, honesta e que educou seus filhos sob a égide da ética e do respeito aos semelhantes.