Hiroshi Bogéa On line

Morre Neuton Miranda

Ainda ausente de Marabá, com retorno marcado somente para esta tarde, acabo de tomar conhecimento, através do blog do José Alencar, da morte do marabaense Neuton Miranda, presidente estadual do PCdoB, irmão do ex-prefeito de Marabá, Sebastião Miranda.

Idealista, sempre envolvido com as causas sociais, um dos comunistas ainda vivo mais antigos do Pará, combativo e perseguido durante a ditadura militar, Neuton era uma pessoa afável, tranquilo e super ligado aos problemas do Pará e do País.

Conceitos de Liberdade, ele carregou por toda a vida.

Tentaremos, correndo contra o tempo, se fazer presente ao velório de Miranda, lamentando com profundo pesar seu desaparecimento.

————————

Atualização às 10:56

Jeso Carneiro acrescenta mais informações a respeito da morte de Neuton Miranda.

Mais atualização às 11:05

No Portal ORM,  também mais detalhes.

Atualização às 11:10

Na segunda-feira (22), o corpo de Neuton Miranda será trasladado para o salão nobre da Assembléia Legislativa do Estado, onde deve continuar a receber homenagens. Quem informa é o site do Diário do Pará.

Post de 

12 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    23 de fevereiro de 2010 - 19:06 - 19:06
    Reply

    13:06, realmente, o anônimo das 14:51 está certo. O errado somos nós. Quando li a advertência dele, citando inclusive o Carlos, procurei checar se o Neuton teria sido vereador. Num telefonema a um dos parentes de Neuton, foi ratificada a informação do Mendes, razão pela qual corrigi o 14:51. Como o assunto voltou a baila através de você, 14:51, telefonei para outro parente do ex-deputado estadual do PCdoB, empresário Tião Miranda Neto, sobrinho dele, que confirma afirmativas de vocês. Neuton não foi vereador. Peço desculpas ao 14:51, mas reafirmo: ler é bom mesmo. rsrsr

  2. Anonymous

    23 de fevereiro de 2010 - 16:06 - 16:06
    Reply

    Hiroshi,o anônimo 14:51 acertou quando afirma que Neuton nunca foi vereador. O ato falho do Carlos Mendes, ex-Lib, fica por conta do tempo em Mendes ficou por lá.Agora ele precisa encarnar mais o Diário, como fez com o Lib. Concordo contigo, ler é bom.

  3. Hiroshi Bogéa

    23 de fevereiro de 2010 - 13:05 - 13:05
    Reply

    14:51, ao que parece, o desinformado é você. Primeiro, o Carlos Mendes não escreve para o Liberal. O jornalista é do Diário do Pará. Segundo, a informação está correta, sim: Neuton Miranda foi vereador no município de Belém, onde ele fez carreira política. Leia mais, rapaz.

  4. Anonymous

    23 de fevereiro de 2010 - 01:04 - 1:04
    Reply

    Tenho convicção que o Pará perde. Um dos grandes companheiro, fica aqui meus sentimentos, a esse companheiro de luta e de ideologia. Saldações Vermelhas…..

    Robson Messias

  5. Anonymous

    22 de fevereiro de 2010 - 17:51 - 17:51
    Reply

    Liberal errou, através do jornalista Carlos Mendes em informar que Neuton exerceu cargo de vereador.Na imprensa isso se chama barriga.

  6. Plínio Pinheiro Neto

    22 de fevereiro de 2010 - 00:39 - 0:39
    Reply

    Caro Hiroshi.

    Lamentável sobre todos os aspectos a morte do Neuton Miranda.Fiel aos seus principios ideológicos, sempre respeitou os que pensavam de forma diferente e os tratou educadamente.Aliás, educação, simplicidade, inteligencia, coragem, honestidade e aplicação em tudo o que fazia, sempre foram o apanágio maior de sua vida.Tinha extremado amor por Marabá e ansiava por um momento em que pudesse servir mais e melhor à terra natal.Espero que lhe seja feita uma justa homenagem,nesta terra tão acostumada a incensar pés desmerecedores de reverencia.
    Oro ao SENHOR para que conforte sua mãe, irmãos, mulher, filha, amigos e companheiros de lutas e ideais.Que ele seja sempre lembrado como alguém que marcou de forma indelével a sua passagem pela vida terrena.
    O meu abraço e sentidas condolencias a todos.
    Plinio Pinheiro Neto

  7. Anonymous

    22 de fevereiro de 2010 - 00:19 - 0:19
    Reply

    Caro Hiroshi
    Como marabaense, aprendi desde cedo a admirar Neuton Miranda, que dedicou a sua vida a causa da liberdade e defesa dos pobres e oprimidos, sendo obrigado a passar a clandestinidade por acreditar nestes ideais, junto a minha tristeza, a minha solidariedade a Leila,a Janaina, a dona Ana e seus irmãos Fernando Felix Bogo Sonia e Ana.
    Ver. Julia Rosa
    Presidente da Camara Municipal de Marabá

  8. Anonymous

    21 de fevereiro de 2010 - 23:41 - 23:41
    Reply

    NEUTON MIRANDA: Um marco nos 155 anos de história da Secretaria do Patrimônio da União/SPU

    Com o Neuton, o Estado Brasileiro se tornou mais democrático, mais republicano, mais amazônico. A nós cabe a missão de honrar e multiplicar o exemplo.

    Percursor do "Projeto Nossa Várzea: Cidadania e Sustentabilidade na Amazônia Brasileira" que hoje se amplia para toda a Amazônia.

    Toda solidariedade à família em nome da Leila, aos servidores da SPU/PA em nome do companheiro Lélio.

    Todos rumo ao Pará para homenagear nosso amigo, mestre,companheiro e revolucionário.

    Patrícia Cardoso
    Coordenadora da Amazônia Legal
    SPU/MP

  9. Anonymous

    21 de fevereiro de 2010 - 22:15 - 22:15
    Reply

    No PC do B, aprendi com Neuton Miranda a curar-me do “esquerdismo”, doença infantil do comunismo, conforme ensinamentos de Lennin, em sua memorável obra. Verdadeiro revolucionário, Neuton dedicou sua vida à causa libertária, em prejuízo da sua vida pessoal.

    Ronaldo Giusti

  10. evangelina

    21 de fevereiro de 2010 - 14:30 - 14:30
    Reply

    Estamos de luto. Perdemos o amigo, o mestre, o companheiro, o revolucionário do nosso projeto de titulação da população ribeirinha. Sei que, nesse momento, nos, superintendentes do patrimônio da Uniao, em todo o Brasil, estamos no Para, de coração, junto ao Lelio e ao Rogerio (MG), chorando a perda do nosso querido Neuton.
    Evangelina de Almeida Pinho
    Superintendente do Patrimonio da Uniao em Sao Paulo

  11. Hiroshi Bogéa

    21 de fevereiro de 2010 - 14:01 - 14:01
    Reply

    Verdade, Alencar. Particularmente, eu tinha grande admiração pela luta do Neuton. Só tomei conhecimento inda agora, ao abrir o Gmail e deparar com seu email. Confesso ter sentido um choque. O Neuton estava otimista quanto a eleição dele para a Câmara Fderal, isto me deixou claro em rápido bate papo no aeroporto de Belém vinte dias atrás. Abraços, parceiro.

  12. JOSÉ DE ALENCAR

    21 de fevereiro de 2010 - 13:52 - 13:52
    Reply

    Hiroshi,

    Neuton Miranda foi um marabaense que honrou a terra onde nasceu, sem bairrismo, internacionalista que era.
    Paz para Neuton e solidariedade de todos nós para sua família e companheiros.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *