Morre dono do mais antigo restaurante de Marabá

Publicado em 10 de maio de 2012

 

 

Morreu na tarde dessa quarta-feira, 9,  aos 72 anos, Alton Arraes de Souza, um dos donos do Restaurante Bambu – consagrado na existência de seus  mais de 35 anos pela alta qualidade gastronômica.

Uma parada cardíaca tirou a vida do empresário.

Advogado Plínio Pinheiro Neto, que tão bem conhecia Alton, faz registro em mensagem enviada ao blog:

 

Marabá desde as 17:30 horas de hoje. mais ou menos, está um pouco mais vazia, pois perdeu um homem que marcou, com honra, seriedade e trabalho, o seu espaço no meio empresarial de nossa cidade. Deixou-nos o querido amigo e conterrâneo Alton Arraes de Souza.Na juventude foi ourives dos mais categorizados, profissão que aprendeu com seu pai, o velho Chiquinho Ourives, a quem ainda tive a felicidade de conhecer e de quem os mais antigos por certo se recordam.Depois, Alton abriu o Restaurante Bambu, marco na gastronomia não só marabaense e do Pará, mas nacional e até internacional, pois quantos por aqui passavam e iam até lá, saiam rasgando os maiores elogios à qualidade do atendimento e das iguarias ali servidas. Falecido aos 72 anos de idade, deixou filhos e filhas, todos bem encaminhados na vida.Alton foi um exemplo de homem lutador, empreendedor e de extrema seriedade em seus negócios.Para mim foi uma honra tê-lo como amigo e sua lembrança me acompanhará para sempre.

Plinio Pinheiro Neto