Mona Pegajosa

Os de memória curta, olhando a foto da senadora Kátia Abreu (DEM-TO) publicada na edição de hoje do Diário do Pará, charmosa e falante, podem até achar que ela é uma digna senhora cônscia de seu dever de Justiça, ao defender, da tribuna do Congresso, a intervenção no governo do Pará por não cumprir mandados de reintegração de posse.

Charmosa e falante, Kátia Abreu é aquela mesma do time de Ronaldo Caiado, consagrado mundialmente como o maior defensor de pecuaristas ligados à violência no campo.

Acertou quem achar que Kátia Abreu, charmosa e falante, jamais soltou um pio para engrossar a voz daqueles que pediam intervenção no Estado do Tocantins, quando o ex-governador Siqueira Campos, acusado de todo tipo de prática de arbitrariedades no campo, omisso diante das ações do crime organizado, fez fama e deitou-se na cama como um dos porta-vozes do autoritarismo nacional.

Charmosa e falante, a foto da senadora bem que poderia ser exposta na Galeria dos Dissimulados.