Ministério Público cumpre mandados na prefeitura de Vitória do Xingu

Publicado em 18 de novembro de 2014

 

IMG-20141118-WA0005

Durante a manhã e parte da tarde desta terça-feira (18), o Ministério Público do Pará cumpriu mandado de busca e apreensão em documentos e informações, dados e mídias digitais relacionados às fraudes em processos licitatórios na região de Vitória do Xingu. Os alvos foram a residência do prefeito Erivando Oliveira do Amaral, a sede da prefeitura e de secretarias municipais.

A ação foi determinada pela Câmara Criminal reunidas do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) com busca e apreensão em documentos relacionados à possível fraude de procedimentos licitatórios e apropriação e desvio de recursos públicos em posse de Jelcias Lisboa Queiroz, Washington Queiroz Pimenta e do prefeito.

A operação foi coordenada pelo procurador de Justiça, Nelson Pereira Medrado, coordenador do Núcleo de combate à corrupção e improbidade administrativa, e contou com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPPA e dos promotores de Vitória do Xingu e Altamira, Gustavo Rodolfo Ramos de Andrade e Rodrigo Aquino Silva.