Ministério da Saúde indica que Pará está em ‘estado de atenção’ para nível de oxigênio

Publicado em 24 de março de 2021

Monitoramento do Ministério da Saúde aponta fornecimento de oxigênio medicinal “preocupante” em seis Estados e em “estado de atenção” em outros sete.

O Estado do Pará está entre aqueles em “estado de atenção, juntamente com Bahia, Minas, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Há risco de falta de oxigênio medicinal no Acre, Rondônia, Mato Grosso, Amapá, Ceará e Rio Grande do Norte.

O quadro foi relatado por um assessor do Departamento de Logística do MS em reunião com a Procuradoria Geral da República (PGR).