Meu Brasil Brasileiro

Publicado em 25 de fevereiro de 2010

Casa humilde chapiscada de azuis em tábuas.
Como na música de “Garoto” (*): “são casas simples com cadeiras na calçada…”

O que teria inspirado o dono desse imóvel rural a usar tantos azuis?

Tom sobre tom ao modo dele.

Designer de quem acha o excesso da mesma cor beleza rara de lugares sem tinta.

Lembrete para que ninguém esqueça o quanto ele ama o Brasil.

E o número da casa, num assentamento onde só existe a morada dele.

(*) –  “Garoto” (Aníbal Augusto Sardinha) ,  grande violonista e compositor de “Gente Humilde”.