Mês de março promete mais chuva do que fevereiro na região de Carajás

Publicado em 2 de março de 2021

A informação é do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia.

As comunidades da região Sudeste do Pará, também denominada de Carajás, devem se preparar para o aguaceiro que promete o mês de março, conforme dados coletados em satélites pelo instituto.

As primeiras análises indicam que as regiões mais afetadas do Pará serão aquelas localizadas na faixa leste do estado, desde o Nordeste até o Sudeste, com especial atenção à região de Carajás.

Há chances de chuvas intensas também na região do Baixo Amazonas.

“Ressaltamos a cidade de Belém e região metropolitana, também com muita chuva , com destaque  para a faixa norte e litoral, onde os totais  pluviométricos mensais devem variar entre 550 e 700 mm., bem como também grande acumulado de chuvas entre 350 a 550mm no Sudeste e Baixo Tocantins e parte da Transamazônica. Esperam-se volumes pontuais de chuva significativos com grande variabilidade espacial e temporal”, diz ”, diz  José Raimundo, coordenador do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia)/ 2ºDistrito de Meteorologia de Belém.

Para o mês de março a média  é de 450.3mm. “Porém, a tendência é ocorrer chuvas bem acima da média, possivelmente ao redor de 650mm”, afirmou.