Hiroshi Bogéa On line

Merecida condenação de Luiz Sefer

A condenação do ex-deputado Luiz Sefer a 21 anos prisão,  para ser cumprido em regime inicialmente fechado,e consequente prisão decretada, chega como um bálsamo à descrente sociedade paraense, alarmada nos últimos anos com o estouro de seguido casos de pedofilia envolvendo poderosos personagens.

A juíza Maria das Graças Alfaia Fonseca, titular da Vara Penal de Crimes Contra Crianças e Adolescentes de Belém,  autora da sentença, bem que merece  um busto erguido em praça pública em homenagem ao seu destemor.

Post de 

10 Comentários

  1. Anonymous

    16 de junho de 2010 - 22:05 - 22:05
    Reply

    Fiquei impressionado como esses comentários a respeito do PH. Ele é um dos poucos que tem coragem de falar o que fazem com futebol de Marabá. O PH pode ter exagerado um pouco sim, mas não ouví ele falar essas pornofonias que esse torcedor do Paysandu escreveu a respeito dele. Sou ouvinte fiel da Rádio Clube, acompanho toda a programação da Rádio e não só eu mas todos que torcem pelo ÁGUIA o orgulho do sudeste do Pará, gostamos de mais da forma como ele trabalha, estávamos precisando e um profissional com ele em nossa cidade, é claro que ele não vai agradar a torcedores dos times que se dizem grandes lá de Belém. Se não quiserem ouvir mudem de estação. Estamos solidários ao Paulo Henrique. Que ele continue sempe assim.

  2. Anonymous

    16 de junho de 2010 - 12:13 - 12:13
    Reply

    Vocês já viram o que o "radialista" Paulo Henrique, vulgo ph, fez com os cabelos dele? pintou nas mesmas cores que vários jogadores do Águia pintaram. Isso é que é solidariedade. É o retrato fiel do comportramaento dele. Solidariedae sim, imparcialidade não!! pobre ouvidos nossos…

  3. chagasfilhodemaraba

    14 de junho de 2010 - 20:37 - 20:37
    Reply

    (CHAGAS FILHO)
    Olha só, eu sou amigo do PH e colega de trabalho dele.
    Acho q se ele falou realmente o que dizem que ele falou, o PH cometeu um equívoco (movido por uma indignação que não é só dele).
    Não se trata de defender uma postura incorreta, mas eu nunca vi ninguém entrar nesse ou noutro blog pra criticar os setoristas de Belém quando estes fazem o mesmo em relação ao Águia de Marabá. Somente agora, depois que alguns bicolores se indignaram, é que surgem as primeiras críticas.
    E outra: essa postura do PH – se é que isso aconteceu – é uma reprodução do q vem sendo feito há muito tempo, mas enquanto se sacaneava somente com os pequenos, estava tudo bem, agora que os grandes também são alvo, fica todo mundo "ouriçado".

  4. Anonymous

    10 de junho de 2010 - 11:07 - 11:07
    Reply

    Eu ouvi a rádio de Belém no domingo,a gozação foi grande,como era de se esperar,mas apenas no campo esportivo,não houve ofensa à instituição àguia,pelo contrário,elogiaram a reação do nosso clube ,no 2" turno,em momento algum houve xingamento de nenhuma espécie.E mesmo que houvesse,não justifica a atuação do dito "reporter",o tal de PC .

  5. Anonymous

    9 de junho de 2010 - 22:38 - 22:38
    Reply

    É, senhores, mas vcs ouviram a gozação que os setoristas do dito "grande" do futebol paraense fez domingo, após o final do jogo? Digo-lhes: Uma enorme palhaçada, envolvendo o nosso Águia, nossa amada Marabá e o show da banda Araketu, que já estava contratada pela direoria do clube para a festa da pça S. Francisco. Eles riam, debochavam..Enfim!!!… Portanto, a Clube já tem que começar por lá, não concordam?!…

  6. Anonymous

    9 de junho de 2010 - 18:54 - 18:54
    Reply

    Não é de hoje que esse "cidadão",atua de maneira irresposavel com o microfone da Rádio Clube de Marabá,realmente,parece que a rádio local não tem comando,tal a avalanche de bobagens que se houve ,muitas,ofensivas. É certo que os donos da rádio,em Belém,não tem conhecimento disso,até mesmo,porque observa-se que quando a rádio de Marabá entra em cadeia com a clube de belém,o tal "repórter" fica mansinho,mansinho.Marabá é grande demais,prá esse sujeito agir ofendendo os ouvintes,da até agora,conceituada emissora.A direção precisa agir imediatamente.

  7. Anonymous

    9 de junho de 2010 - 11:36 - 11:36
    Reply

    Sr. Hiroshy,
    Meu assunto não é sobre o assunto acima,. mas, como tenho postado em alguns blogs importantes não poderia deixar de chegar até aqui para que o fato chegue até os dirigentes da rádio clube do pará, em Belém. É o seguinte: sou ouvinte assiduo da rádio clube de Marabá e como meu ouvido não é penico e também os ouvidos de tantos outros,é que quero denunciar um tal de PH – Paulo Henrique, que tem abusado de dizer impropérios no microfone como se dono fosse da emissora. No programa esportivo de ontem, segunda-feira 8, ao meio dia, o rapaz no afã de agradar os dirigentes do Águia, deceu o malho na instituição Paysandu, como se o Paysandu culpado fosse das besteiras do Tribunal Esportivo. Disse o pseudo-reporter: "hoje eu vou abrir o bocão pois estou puto com esse Paysandu, ladrões, bandidos, safados e sem-vergonhas, eles ganharam um título roubando, etc e tal " aí colocaram o hino do clube, e ele: " tira essa pôrra daí, eu não quero ouvir essa pôrra, tô puto da vida com esses vagabundos'", e continua…" é isso aí, tá entrando aqui no estúdio a Dona…. com um pôster todo amassado desse timinho, é assim que se faz, amassa essa pôrra, e os impropérios continuaram mais tarde quando ele foi novamente chamado a falar. Entendo que essas atitudes demonstram como são desclassificados e sem cultura grande parte das pessoas que falam nas emissoras. Espero, Hiroshy, que voce coloque meu comentário/denuncia para ver se ele chega aos diretores da rádio em Belém e tirar esse maluco de uma propfissão tãO IMPORTANTE. oBRIGADO, MANO. sOU jOSÉ aLBERTO pEREIRA AQUI DO KM. 07 NA nOVA mARABÁ. oBRIGADO.

  8. Quaradouro

    9 de junho de 2010 - 03:08 - 3:08
    Reply

    Já os tarados homéricos e manjados de Marabá continuam a sua sanha degradante…

  9. Anonymous

    9 de junho de 2010 - 01:09 - 1:09
    Reply

    Espero que ninguém tenha pena.
    Ele merece.

  10. Anonymous

    9 de junho de 2010 - 01:06 - 1:06
    Reply

    Parabéns à delegada, que investigou, à promotora e à juíza.

Leave a Reply to Anonymous

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *