Hiroshi Bogéa On line

Mentira no ar

A Operação Apyterewa desenvolvida pelo Ibama no Sul do Pará, e que já resultou na aplicação de multas superiores a R$ 7 milhões por atos criminosos flagrados em dezenas de empresas produtoras de carvão vegetal, desmoraliza de forma contundente a campanha publicitária ativada recentemente pelo Sindiferpa – Sindicato das Indústrias de Ferro-Gusa do Pará – voltada para vender a imagem de que as siderúrgicas estão comprometidas com uma consciência ambiental, e fazendo pesados investimentos na produção de um denominado “Carvão Cidadão”.
Na verdade, grande parte desse tal “carvão cidadão”, prova mais uma vez o Ibama, é proveniente da derrubada criminosa de espécies seculares como o ipê, amarelão, guajará, maçaranduba, jatopá, entre outras árvores, encontradas nas 17 mil toras de lenha apreendidas em diversos municípios da região.
A riquíssima campanha publicitária do Sindiferpa desenvolvida em rádio, TV, jornal e outras mídias é de uma sem-vergonhice sem tamanho se considerarmos o poder de manipulação da contra-informação germinada.
Os governos federal e estadual necessitam apertar cada vez mais essa camarilha de destruidores de nossas riquezas naturais em nome de um “desenvolvimento” mentiroso e gerador de miséria sócio-ambiental.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *