Hiroshi Bogéa On line

Meninos e meninas vão às ruas contra fechamento de escola

Numa das rotatórias da VP-3, centenas de alunos da Jônathas Athias fazem retorno rumo à frente da escola.
Numa das rotatórias da VP-3, centenas de alunos da Jônathas Athias fazem retorno rumo à frente da escola.

A decisão do prefeito interino de Marabá, Luiz Carlos Pies, fechar a escola Jonathas Pontes Athias agora está com resistências, na rua.

A luta dos alunos contra a desativação da unidade educacional começou nas redes sociais.

Agora, a meninada foi pras avenidas.

E com muita vontade de gritar.

No início da tarde desta segunda-feira, 6, centenas de garotos e garotas, com o apoio de professores e pais, percorreram toda a extensão da VP-3, uma das principais avenidas do Núcleo Nova Marabá, portando faixas e cartazes condenando a decisão do prefeito interino.

Luiz Carlos estaria dispondo as instalações da escola para funcionamento do IFPA – Campus Industrial, com orientação de alocar os alunos da escola de ensino fundamental em outras unidades.

A escola Jonathas Pontes Athias registra mais de mil alunos matriculados.

Post de 

2 Comentários

  1. Rodrigo

    7 de junho de 2016 - 20:11 - 20:11
    Reply

    Isso é um absurdo, prefeito fechando escolas, e no futuro o governo vai abrir penitenciárias.
    O futuro da nação está na educação, e querem dificultar o acesso.

  2. geraldo lima

    6 de junho de 2016 - 20:00 - 20:00
    Reply

    NUCA VI PREFEITURA DAR ESCOLA PARA GOVERNO FEDERAL. Sempre é o Governo Federal que fornece para os municípios.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *