Marketing do plebiscito

Publicado em 24 de maio de 2011

 

R$ 2 milhões.

Esse o valor previsto para aplicação no trabalho de marketing do plebiscito sobre o Estado de Carajás.

Revelação feita pelo presidente da AMAT, Luciano Guedes, durante reunião ocorrida em Marabá, nesta segunda-feira, 23.

Pouco, muito pouco.

Principalmente se for verdadeira a versão segundo a qual o publicitário Duda Mendonça estaria sendo contatado para tocar a campanha.