Hiroshi Bogéa On line

Marketing ambiental

Tasso Azevedo, diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro, ao abrir a audiência pública de Açailândia, no Maranhão.

– O Distrito Florestal Sustentável de Carajás não é contra nada. É a favor da natureza.

Post de 

2 Comentários

  1. hiroshi

    19 de maio de 2007 - 22:53 - 22:53
    Reply

    Bia, é tão simples essa conta! Basta refletir um pouco. Se as pessoas atentassem para a lógica que você postou no comentário, não precisaríamos nem estar discutindo hoje esse Distrito Florestal Sustentável. Vou repetir sua frase:
    “Os maiores predadores são a fome, a má qualidade de vida e a ganância dos que se aproveitam disso”.
    Não apenas Santo Ambrósio. Valei-nos todos os santos dos Céus e Terras a povoar essa Universo de deuses e diabos soltos por ai.

    BIA, antes de desejar um domingo bem gostoso procê também, já coloquei em outro local aí do blog: como faço pra te passar os estudos do Ipea sobre a divisão territorial?
    Agora, um Bom Domingo.

  2. Bia

    19 de maio de 2007 - 12:29 - 12:29
    Reply

    Caramba! É isso que assusta. A natureza pressupõe, para a sua preservação, o bem estar do homem, em que pese o respeito ao saci, à matinta-perêra e ao mico-leão dourado!

    Há inúmeros estudos, pesquisas, teses e o escambau comprovando que os maiores predadores são a fome, a má qualidade de vida e a ganãncia dos que se aproveitam disso.

    Valei-nos, Santo Ambrósio!

    Bom domingo procê.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *