Mário Couto anuncia que foi traído pelos Barbalho e que não será mais candidato ao Senado

“A minha candidatura ao Senado, infelizmente, foi derrubada pelo MDB”.

A frase foi dita neste momento pelo ex-candidato ao Senado, Mário Couto, ao denunciar que seu nome foi retirado da ata da convenção que homologou as candidaturas majoritárias e proporcionais da chapa do candidato a governador Helder Barbalho.

Mário Couto integrava o grupo que apoia Helder e Jader.

Couto diz que Jader Barbalho e Helder Barbalho, horas após a realização da convenção do MDB, “na calada da noite”, retiraram seu nome da ata na qual estava registrada sua candidatura ao Senado.

Segundo Mário Couto, seu nome foi impugnado pelo MDB em face de uma entrevista que ele concedeu à TV Liberal, momentos depois da convenção, dizendo que “voltaria a combater a corrupção no Senado, e se tem uma coisa que a família Barbalho não gosta de ouvir é falar em corrupção”.

Dentro de minutos o blog publicará gravação de Mário Couto contando sobre essa história bizarra.

—————–

 

Atualização às 12:53

 

O Áudio gravado por Mário Couto e espalhado nas redes sociais está neste link.