Maria da Penha fala hoje em Canaã dos Carajás sobre violência contra a mulher

Publicado em 19 de novembro de 2014

A cearense Maria de Penha Maia Fernandes, 68 anos, farmacêutica bioquímica vítima de violência doméstica praticada pelo marido, que a levou a ficar de cadeira de rodas, chega dentro de minutos a Canaã dos Carajás. Na cidade, ela, que hoje lidera os movimentos em defesa da mulher brasileira, profere a palestra “Violência Doméstica contra a Mulher”.

 Maria da Penha, que empresta seu nome à Lei 11.340/2006, lutou durante anos para colocar na cadeia o marido, Marco Antônio Heredia Viveiros, que tentou matá-la duas vezes, mas foi condenado a oito anos de prisão. Porém, por meio de recursos, cumpriu apenas dois.

 A palestra acontece na Câmara Municipal, faz parte do Programa de Saúde Comunitária da Vale, por meio do Projeto de Educação Sexual e Promoção da Saúde e terá também participação da  promotora de Justiça  Cristina Morikawa.