Marabá: vice-prefeito anuncia boas notícias

O vice-prefeito  de Marabá, Luiz Carlos Pies (PT), postou em sua rede social notícia alvissareira sobre a emissão da Certidão Negativa do INSS para a Prefeitura de Marabá.

A restrição ao nome da PMM no INSS  estava prejudicando a administração pública a receber recursos ou assinar convênios com o governo federal.

Também comemorou  a aprovação, pelo Ministério das Cidades, da contratação das obras do sistema de água e esgoto dos Núcleos São Félix e Morada Nova, que somará, em todas as etapas concluídas, R$ 190 milhões.

Duas excelentes notícias, num ano recheado de crise e quase nenhuma liberação de recursos por parte do governo federal.

O que preocupa, é a expectativa que se cria em torno da nota.

O país vive momento sui generis, nada comparável ocorrido nos últimos doze anos, com suas contas desacertadas e capacidade de investimento duvidosa.

A aprovação do projeto de saneamento das comunidades localizadas do outro lado do rio Tocantins não significa dinheiro em caixa.

Até se chegar a esse ponto, com processo licitatório definido, etecétera e tal, levará tempo.

Sendo bastante otimista (a previsão é do blog), somente lá para o segundo semestre as obras teriam início.

E se o Ministério da Fazenda contingenciar (fazer o controle das despesas, evitando desequilíbrio financeiro nas contas públicas) a grana?

aí não sai  em 2016.

Mas, em todo caso, é uma notícia motivadora.

O projeto é perseguido pelo prefeito João Salame desde o início de sua gestão.

Ele sonha em fazer nas comunidades de São Félix Pioneiro, São Félix !, São Félix 2, São félix 3 e Morada Nova – programa piloto de água e esgoto, com gestão própria, sem ingerência da Cosanpa.

Projeto de saneamento é para levar água de qualidade e esgoto  a todas as residências do outro lado do rio.

Vamos torcer para tudo dar certo, a população daqueles Núcleos sonha com isso.

Abaixo, print do post do vice-prefeito Luiz Carlos Pies, entusiasmado com a boa notícia vinda de Brasília.

 

Luiz Carlos