Marabá representará o Pará na edição nacional do Prêmio Prefeito Empreendedor

Publicado em 3 de junho de 2014

 

Os esforços do secretário Ricardo Rosa  e de sua equipe na Secretaria de Gestão Fazendária,  na luta pela desburocratização ao atendimento público, levaram o município de Marabá a ser indicado, representando o Pará, para disputar a premiação  “Prefeito Empreendedor”, promovido anualmente pelo Sebrae.

Nesta terça-feira (3), o Sebrae vai premiar 12 prefeituras que elaboraram e implantaram os melhores projetos de incentivo aos pequenos negócios no Brasil entre os anos 2012 e 2013.

Marabá, com a criação do “Alvará Online” e do “Portal do Contador”, foi selecionada para representar o Pará no evento nacional.

A indicação de Marabá aconteceu na na última quarta-feira (28), em Belém.

Marabá será representada no evento pelo prefeito João Salame Neto, que estará acompanhado pelos secretários municipais de Gestão Fazendária, Ricardo Rosa e de Indústria e Comércio, Alex Sandro Souza.

Em sua 8ª Edição, o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor selecionou 123 projetos finalistas entre os 1.348 inscritos.  A divulgação dos vencedores e a entrega dos prêmios acontece em Brasília (DF), na sede do Sebrae Nacional, a partir das 18 horas.

O prêmio foi criado há 13 anos e já recebeu cerca de sete mil inscrições, premiando 55 gestores municipais que se mostraram parceiros das micro e pequenas empresas. Com a premiação o Sebrae conseguiu incluir o empreendedorismo como um item essencial ao desenvolvimento econômico e social dos municípios brasileiros.

O prêmio é o reconhecimento do êxito de iniciativas dos gestores municipais e está dividido nas categorias Melhor Projeto do Estado, Lei Geral Implementada, Compras Governamentais, Desburocratização e Pequenos Negócios no Campo.

Os trabalhos escolhidos na etapa estadual do prêmio dizem respeito a diversas áreas de atuação, entre elas planejamento e infraestrutura para o desenvolvimento econômico e social local, formalização da economia local, política tributária para os pequenos negócios, compras públicas locais, acesso a inovação e tecnologia, cooperação e associativismo, acesso a crédito e serviços financeiros, capacitação e empreendedorismo, promoção do desenvolvimento rural e Lei Geral Municipal.

 Ricardo Rosa recebe o prêmio das mãos da presidente do Tribunal de Justiça do Estado, Luzia Nadja Guimarães Nascimento, que estava como governadora em exercício.
Ricardo Rosa (Direita) recebe o prêmio das mãos da presidente do Tribunal de Justiça do Estado, Luzia Nadja Guimarães Nascimento, que estava como governadora em exercício.