Marabá ganha nova edição do Mural Cultural

Publicado em 26 de fevereiro de 2015

 

Música, cena e expressão corporal de mãos dadas para emoldurar o talento de artistas de um dos mais importantes centros culturais do Norte do país. Essa é a atmosfera que o projeto Mural Cultural criou para sua estreia em Marabá. Abrindo a temporada local de programações em comemoração ao aniversário da cidade, a apresentação acontecerá no dia 27 de março, a partir das 19h30, no tradicional Cine Marrocos e terá como tema “Marabá 102 Anos – Rios de Poesias”.

As grandes atrações serão os artistas da terra, os escritores Airton Souza e Eliane Soares, a cantora Nilva Burjak, a atriz Marluce Caetano e o percussionista Edu Hilário, todos moradores do município. Abraçando o espetáculo a estética do Versivox, selo especializado em criar números multiculturais que partem da literatura.

Criador do Versivox, o poeta e músico Carlos Correia Santos é o coordenador geral do Mural e será mediador da programação. Correia também tocará violão e cantará canções que compôs especialmente para a programação e será acompanhado ainda pelo guitarrista Angelo Silva e pelo baixista Pedro Soares.

O Mural Cultural tem apoio da Prefeitura de Marabá e o formato do evento é dinâmico e participativo, criando um conceito que Carlos batiza de pop sarau. Os números cênico-musicais criados pelo Versivox, nos quais a músicas se unem a performances com Marluce, vão pontuar um descontraído bate papo estrelado por Airton e Eliane.

Em cada bloco, a conversa girará em torno das peculiaridades da escrita desses autores: fontes inspiradoras, como Marabá alimenta suas verves, quais caminhos trilharam para seguir a carreira literária. Um momento de destaque será a participação especial de Nilva Burjack, cantando uma composição sua ao lado de Correia.

 

A programação traz uma seleção de pequenos poemas dedicados a Marabá escritos por alunos de escolas públicas. Seis pequenos poemas serão escolhidos e lidos ao vivo ao longo da programação. Cada aluno vencedor ganhará um kit de livros. Mas os vencedores só serão conhecidos durante o espetáculo, ao vivo, quando seus versos forem lidos no palco. (Secult/Ascom PMM)