Hiroshi Bogéa On line
Post de 

9 Comentários

  1. Antonio Carlos Pereira

    28 de março de 2012 - 14:54 - 14:54
    Reply

    Á título de “progresso” se vai destruir uma das maiores belezas naturais desse imenso e generoso Rio Tocantins. Meu pai, piloto (in memorian) da época, que muitas e muitas vezes desceu e subiu as fortes corredeiras do Lourenção, donde está, como outros que já se foram – sim restam pouquíssimos com vida em Marabá – deve estar um tanto triste pelo fato da derrocagem da cadeia de pedras que se aproxima. Em 28.03.12, Marabá-PA.

  2. anônimo filho de Marabá

    28 de março de 2012 - 00:13 - 0:13
    Reply

    Hiroshi,
    No primeiro, suprimí a vogal ” U ” do LOURENÇÃO. Se possivel, considere o segundo ! Obrigado

  3. anônimo filho de Marabá

    28 de março de 2012 - 00:09 - 0:09
    Reply

    Hiroshi,
    A derrocagem do famoso LOURENÇÃO, irá causar um impacto ambiental de proporções imenssuráveis. Pois, nossa rica faúna aquática, alí existententes desaparecerão para sempre. Lí, em uma das justificativas dos biológos, encarregados de fazer os estudos ambientais, que nada irá acontecer de muito grave com nossa faúna aquatica, pois,antes das grandes explosões, serão detonados um tipo, do que chamamos nas festas júninas de TRAKS ou ESPOLETINHAS, que, segundo os tecnicos, afugentaram, para bem longe as diversas especimes de peixes, especialmente o LENDÁRIO JAÚ, peixe de couro, muito consumido pela comunidade ribeirinha, que ainda pode ser encontrado com muita frequencia. Para teres uma ideia, Hiroshi, um exemplar de JAÚ, chega a medir em média quase dois metros e pesar entre 60 e 120 KG. Aquela região, é muito bonita. Afirmo, com conviccão, que DEUS, foi extremamente generoso conosco, quando escolheu aquele lugar para criar essa maravilha que é o LOURENÇÃO. Quero corroborar, com o amigo Parsifal Pontes, e dizer-lhe, que também, acima dos 50, já naveguei e pesquei, muitos JAÚS ” mas, devolvir todos para seu habitat natural “. Irei, junto com voce Parsifal, e muitos dos que nasceram nas barrancas do Tocantins, sentir muitas, muitas saudades, e um mixto, de alegria e tristeza. Porém, saberei com ajuda de DEUS superar o momento, entendendo, que trará um lado muito bom prá todos nós, que é, O DESENVOLVIMENTO DA NOSSA REGIÃO. Fortalecendo a nossa econômia, gerando muitos, mais muitos empregos pra nossa gente. Hiroshi,no inicio do VERÃO, vou contratar sua produtora, para registrar, esse ( VERÂO ), que talvez, seja o ultimo da era LOURENÇÃO, pois, será um documentário, que servirá de história, para a nossa proxima geração. Graças, a DEUS só agora no final, a emoção me contagiou: Mas, conseguí externar meus sentimentos ! Abs,

  4. Pilar

    27 de março de 2012 - 20:42 - 20:42
    Reply

    Gostaria de visualizar como ficará a hidrovia.
    Existe alguma maquete, desenho, planta da mesma?
    Seria interessante publicar algo que nos fizesse compreender como esse empreendimento ficará.
    Parabéns ao blog por disponibilizar tantas informações sobre a batalha politica que se tem travado para a viabilização da hidrovia, nossa futura estrada aquática.
    Parabéns aos visionários que tiveram a coragem de sonhar, enxergaram possibilidades onde só se via águas e pedras.
    Tiraria o chapéu para vocês.
    Mas como não uso chapéu, então bato palmas…

  5. otavio Barbosa

    27 de março de 2012 - 20:08 - 20:08
    Reply

    gostei hiroshi de lembrar do lourenço. só que o local em discussão é também conhecido como pedra do lourenção.

  6. ANONIMO

    27 de março de 2012 - 13:46 - 13:46
    Reply

    Tem razão o Claudio Pinheiro,quase aos 50 anos,quase todos bem vividos em Marabá e região,o pedral famoso e respeitado,é conhecido como LOURENÇÃO. Qual é essa de “pedral do lourenço”. Lourenço era o irmão do Zacarias, dois conhecidos … deixa prá lá ! A velha guarda sabe do que estou falando .

  7. anonimo

    27 de março de 2012 - 13:10 - 13:10
    Reply

    Hiroshi tem muito discurso, muita manchete, e muito lari lari e pouca dinamite.

  8. Pedra no caminho

    27 de março de 2012 - 12:26 - 12:26
    Reply

    predal (sic) do lourenço ou Pedral do Lourenço, qual dos dois é o correto?

  9. Claudio Pinheiro Filho

    27 de março de 2012 - 10:59 - 10:59
    Reply

    Até onde sei- e olha que há muito tempo navego por ali- o nome do pedral é Lourenção. Não entendo o por que de predal do lourenço agora!
    E realmente, manchetes não realizarão as obras no pedral.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *