Malandro é malandro, mané é mané

Publicado em 25 de março de 2010

Pegaram pelos fundilhos o chefe da organização criminosa!

No flagra, reagiu igualzinho aquela música do Bezerra da Silva, em que o malandro desconhece, pra polícia, a semente de maconha que ele havia plantado em seu quintal:

                 – Não sei, não conheço, isso nasceu ai…

Aqui.    E aqui.