Mais chaves de casas foram entregues pela prefeitura

Publicado em 16 de maio de 2012

 

 

 

Realização. Esse foi o sentimento que tomou conta do ginásio poliesportivo Renato Veloso, na Folha 16, Nova Marabá, na manhã desta terça-feira (15), durante o sorteio das 1090 casas do Residencial Tocantins, em Morada Nova, por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Marabá e o Governo Federal.

A lista com o nome dos contemplados, aqueles que se cadastraram no final de 2011 e que se enquadraram nos critérios locais e nacionais, foi divulgada no último final de semana e, também ficou disponível em todas as secretarias municipais. Portanto, o sorteio de hoje foi para definir quadra, lote de cada proprietário e selar a ocasião com a entrega de uma chave simbólica para cada um dos contemplados.

Desde cedo uma multidão se concentrava em frente ao ginásio contando os minutos para a abertura dos portões; Quanto mais se aproximava o início do evento maior era a ansiedade e a expectativa dos marabaenses em realizar o sonho da casa própria.

Durante os discursos Dulce Moreira se disse emocionada em participar do sorteio pela segunda vez e comunicou que após a mudança das famílias haverá uma série de trabalhos sociais no novo bairro. “Nós vamos realizar um trabalho educacional, ações de educação ambiental, além de incentivar e desenvolver junto com vocês a criação de uma associação de bairro, onde por meio dela vocês terão vozes mais ativas”, disse a assistente de Projetos Sociais da CEF.

Para o presidente do Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social, Abimael Marques, a atual gestão fez o diferencial na área da habitação. “A cidade cresceu muito e até então nada havia sido feito no âmbito da habitação de interesse social. Em breve teremos mais 4 mil casas populares no município”, revelou Abimael enfatizando que a atual gestão valoriza o lado social e na oportunidade realizava o sonho das pessoas por uma moradia digna.

“Marabá cresce a olhos vistos”, foi com essa frase que Dulce Moreira,  gerente de Clientes e Negócios da CEF, abriu seu pronunciamento, e disse que a Caixa Econômica Federal estará presente em muitos projetos na região.

Embora o programa Minha Casa Minha Vida seja um projeto do Governo Federal, para que seja realizado em um município é necessário que o prefeito se empenhe, trabalhe e tenha muito comprometimento para receber o programa, discursou Floriano Kruler Neto, superintendente regional da CEF. “Temos que reconhecer as pessoas que fizeram parte de todo este processo; não adianta ter o programa do Governo Federal se o prefeito não batalhar para receber o benefício”, disse o superintendente.

 

Mais casas

A população tem mais motivos para comemorar. Depois da entrega de 1410 casas em Morada Nova no mês passado e,  hoje com a entrega de mais 1090 unidades em São Félix, já está aprovado no plano diretor de Marabá a implantação de mais 3750 casas no São Félix- Residencial Magalhães e mais 993 no Residencial Jardim do Éden.

 

Com informação da Secom

Cadeirante recebe a chave simbólica da casa contemplada