Luziane dispara na preferência de Benevides! Bem à frente de outros candidatos

Publicado em 25 de julho de 2020

Se as eleições fossem hoje, Luziane Solon (Podemos) seria a nova prefeita de Benevides. É o que mostra a pesquisa do Instituto Doxa, encomendada pelo Grupo Roma e divulgada com exclusividade pelo Portal Roma News.

A pré-candidata teve a maioria das intenções de votos. Zé Begot (MDB), ex-prefeito do município, aparece em segundo lugar na pesquisa, mas apresenta também um percentual expressivo de rejeição entre os eleitores.

Luziane Solon, que foi candidata à prefeitura de Benevides nas eleições de 2016, tem 29,4% das intenções de votos, na escolha espontânea dos eleitores.

Na estimulada, a pré-candidata aparece com 43,4%.

Em seguida está Zé Begot, com 7,1%. O percentual sobre para 13,9% na pesquisa estimulada.

Na sequência, de acordo com a intenção de votos espontânea dos eleitores, estão os pré-candidatos Catarino Lima (PRTB) com 2% da preferência e Paulo Lobato (Patriota) 1,4%. Ronie Silva (MDB), Pablo Ortega (PSB) e Fredson Oliveira (PRB) ficaram empatados, ambos com 0,3%.

Mais de 50% dos eleitores consultados não souberam indicar, de forma espontânea, um nome para assumir o cargo de prefeito em novembro.

No cenário estimulado, 23,3% não opinaram. Brancos e nulos somaram 9,1% dos entrevistados.

Zé Begot, que aparece em segundo lugar nas intenções de votos para assumir a prefeitura, é também o pré-candidato mais rejeitado pelos eleitores, com 24,7% de negativas.

Em seguida está Fredson Oliveira, com 8,8% e Luziene, 6,8%. Pablo Ortega (4,7%), Paulo Lobato (4,1%) e Catarino Lima (2,4%) também apresentaram percentual de rejeição.

O Instituto Doxa realizou 300 entrevistas, individuais e domiciliares, entre os dias 07 e 09 de julho. A pesquisa foi registrada no TRE/PA, sob Nº 00652/2020.

A margem de erro é 3,5%.

 

Problemas do município

Os entrevistados também foram estimulados para apontar os principais problemas da população de Benevides. Saúde, infraestrutura, violência, serviços precários (energia e transporte, coleta de lixo) formam o ranking dos desafios ao próximo gestor municipal.

Apesar das demandas, mais de 54,1% dos entrevistados se dizem “satisfeitos” com a vida em Benevides. Apenas 10,1% sinalizaram insatisfação em viver na cidade. (ROMA)