Hiroshi Bogéa On line

Lula não tira o olho de Marabá

 

 

Conversando  com um felpudo interlocutor petista do Pará, em seu gabinete no Instituto Lula, em São Paulo,  o ex-presidente Lula quis saber como está a política paraense nos municípios mais importantes do Estado, medindo as temperaturas de Belém, Santarém, Marabá e Ananindeua,  principalmente.

Lá pelas tantas,  demonstrando conhecer   a fundo  os órgãos vitais da política paraense, Lula sapecou:

                –  Lá em Marabá, é importante vocês lutarem para eleger alguém ligado ao governo federal para que o projeto da siderúrgica da Vale não vá por água abaixo. Nada alterou meu ponto de vista de que o país, para realmente se desenvolver, precisa interiorizar os grandes start econômicos da industrialização.

 

Post de 

7 Comentários

  1. João Augsto Barbosa

    20 de julho de 2012 - 18:21 - 18:21
    Reply

    A questão não é apenas a Alpa, meus caros. E os negócios agropecuários em parceria com Daniel Dantas? Excelência não vai falar nada?

  2. joao filho

    20 de julho de 2012 - 15:35 - 15:35
    Reply

    vamos ficar do lado de quem lutou com duas facas em cada mao e uma nos dentes, pelo estado de carajas. o marabaense sabe de quem estou falando.

  3. joao filho

    20 de julho de 2012 - 15:28 - 15:28
    Reply

    vamos mudar o rumo da alpa elegendo quem ta do lado do governo federal .

  4. TÔ DE OLHO.

    20 de julho de 2012 - 09:34 - 9:34
    Reply

    É cediço que o crescimento e desenvolvimento economico brasileiro, passa pela amazônia, em especial o Pará, dado seu potencial de matriz energética hidrológica, bem como suas reservas mineralógicas que pesam na balança comercial. Só nos falta, políticos que não tenham comprometimento com este grande enclave da amazônia (como diria LFP) chamada Vale S/A e sim com o povo de nossa terra.

  5. Anonimo

    20 de julho de 2012 - 07:15 - 7:15
    Reply

    Qualquer empresa que venha para o Pará,precisam de encentivos mais os Tucanos e seus aliados não cumpriram o que foi acordado com a Alpa e a Ana Júlia.Além de nós não termos força politica. temos os que só atrapalham o nosso desenvolvimento.no caso da seleção Brasileira, os tucanos e seus aliados não ajudaram em nada para que o esse mencionado evento fosse em Belém.Tá Certo LULA.Jatene e Tião já deram muito prejuizo para o Pará e Marabá.pra essa Turma é Não e Não.

  6. Anônimo

    19 de julho de 2012 - 16:14 - 16:14
    Reply

    Pior que é isso mesmo, se alguem levantar um Bandeira contra a PODEROSA VALE, imediatamente recebe esmolas e cala-se para sempre.

  7. maraba

    19 de julho de 2012 - 12:11 - 12:11
    Reply

    um movimento popular para pressionar a VALE investir mais em maraba é pouco provável, pois quem tem o poder de organizar um movimento desse porte estão nas mãos da vale, pois os mesmos ganham esmolas da vale, pequenos contratos para se calarem e apaziguar o humor da população com historinhas injetadas a cada eminencia de revolta popular.
    quem se diz na frente desta luta da alpa tem migalhas da vale para se mostrarem sempre otimistas perante a sociedade, sendo ameaçados constantemente pela mesma perderem os míseros contratos caso venham apoiar um movimento desta natureza.
    acordem, com uma verticalização da produção essas esmolas sera insignificante diante tantas oportunidades que surgirão em nossa regão, lutem pelo desenvolvimento desta região e não pela manutenção de suas esmolas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *