Hiroshi Bogéa On line

Lula chama Ana

Ao meio-dia de sexta-feira, 23, a governadora Ana Júlia recebeu estimulante telefonema do presidente da República. Além de ouvir exposição detalhada dos episódios envolvendo mulheres presas em celas com detentos, Lula aproveitou para reforçar seu apoio ao governo do Pará. E não perdeu tempo: pediu para Ana se encontrar com ele terça-feira, em Brasília, levando um plano de ação para enfrentar o problema detectado em diversas delegacias do interior do Estado.

Um dia antes da audiência com o presidente, Ana Júlia será recebida pela ministra da Casa Civil, Dilma Roussef. A governadora viaja na madrugada de segunda-feira.

Post de 

4 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    26 de novembro de 2007 - 13:25 - 13:25
    Reply

    Mero, se você acha, então já me deixou ligadão aqui. Não tenho dúvidas de suas fontes. Vamos esperar terça-feira, então, amigo.
    Abs

  2. Anonymous

    25 de novembro de 2007 - 11:25 - 11:25
    Reply

    Ele vai saber que o PT ganhou no Pará e que por aqui ele fará o que seus finsnciadores exigem, ou seja, dar continuidade.

  3. Mero Espectador

    25 de novembro de 2007 - 03:36 - 3:36
    Reply

    Esse poster é bem informado hein?!
    Hiro, na terça sai o edital com as 8 agências de publicidade escolhidas.Acho que vamos ter surpresa.

  4. Anonymous

    24 de novembro de 2007 - 16:58 - 16:58
    Reply

    24/11/2007 13:51

    PESSOAS E COISAS – MENINAS ESTUPRADAS E BAGAGENS

    Há uma solução possível: passar por baixo de cada axila, contornando o ombro, uma corda.

    II
    Assim, o pobre ficaria com jeito de bagagem. Duas alças, uma em cada ombro.

    III
    Disfaraçado de bagagem, poderia ir ao juizado especial nos aeroportos. E aí, então, receberia toda a atenção devida às bagagens. Se puder colar letras “LV” ou “VH” pelas costas, melhor ainda.

    IV
    O velho Marx disse: “estamos chegando em um tempo em que as coisas cada vez mais são tratadas como pessoas; e as pessoas, cada vez mais tratadas como coisas”.

    V
    Cada um de nós sabe se a bolsa de valores subiu ou desceu no dia de ontem. É amplamente divulgado. Mas foi divulgado, apenas, que há “outros casos” de mulheres, e meninas, presas junto com homens no Pará. Sabemos da bolsa de valores, não sabemos das pessoas.

    VI
    As coisas – nossas bagagens e a bolsa de valores – cada vez mais tratadas como pessoas. E as pessoas cada vez mais tratadas como coisas.

    enviada por castagna maia – http://www.castagnamaia.blig.ig.com.br
    (comentar) | (envie esta mensagem) | (link do post)

    24/11/2007 13:44

    A CONDENAÇÃO AO ESTUPRO E OS JUIZADOS ESPECIAIS

    Há a menina de 15 anos, com aparência de 12, presa em uma cela com mais de 20 presos durante um mês. Já comentei o caso.

    II
    A solução seria – a menina sair correndo, chegar até o aeroporto, e procurar o Juizado Especial.

    III
    Como há um pedaço do Poder Judiciário instalado no aeroporto, pediria socorro ao Juiz.

    IV
    Há juizados especiais para cuidar de nossas malas extraviadas, ou do vôo que perdemos.

    V
    Mas uma brasileirinha foi estuprada durante 20 dias a mando da polícia. Mas faz parte de uma camada da população que não tem acesso à Justiça. A Justiça é para nós, que extraviamos nossa mala ou tivemos nosso vôo atrasado. Aí podemos solicitar ao Juiz que mande a companhia nos dar sanduíche e suco de laranja enquanto esperamos.

    VI
    Essa iniciativa dos juizados especiais nos aeroportos, de se apropriar de um pedaço do Poder Judiciário para cuidar de malas e atrasos de vôos, é uma das iniciativas mais podres da história do Brasil.

    enviada por castagna maia http://www.castagnamaia.blig.ig.com.br
    (comentar) | (envie esta mensagem) | (link do post)

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *