Hiroshi Bogéa On line

Lote concedido pelo Incra é investigado pelo MPF

 

 

O Ministério Público Federal (MPF), no Pará, requer explicações do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), referentes à concessão aprovada de um lote para Antonia Nery de Souza, mulher de José Rodrigues Moreira, o qual, é o acusado de mandar assassinar os extrativistas José Cláudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo, em Nova Ipixuna, no ano de 2011.

O Incra deve apresentar esclarecimentos de como Antonia Nery de Souza preencheu perfil para ser beneficiária da reforma agrária, bem como, deve elucidar ao MPF, o tempo que a mesma está assentada.

O julgamento pelo tribunal do júri está previsto para o dia 03 de abril, em Marabá. Serão julgados, José Rodrigues Moreira, Lindonjonson Silva e Alberto Lopes, sendo os dois últimos, acusados de serem os executores.

Post de 

1 Comentário

  1. anonimo

    11 de março de 2013 - 08:45 - 8:45
    Reply

    Quem mora lá hiroschi sabe que já estar havendo a concentração de lotes novamente .ão lado desse lote aí tem um fazendeiro que já possui 5 lotes todos en nome de laranja e com um capanga morando dentro .já cercou todo acesso ao lago encheu de gado e fala quem falar alguma coisa vai se dar mal.anda numa caminhonete preta intimidade as pessoas .o incra sabe quem e não faz nada.recentemente desmatou uma área de reserva e ninguém foi lá perguntar nada .o cara mora numa mansão na vila pagé. como é que pode ele ser cliente da reforma agrária .mais antes deixar a mulher do josé rodrigues lá.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *