Lixo também é problema nosso.

Publicado em 24 de março de 2015

 

Cidades como Curitiba e Tóquio são modelos quando o assunto é limpeza pública.

Os Japoneses vieram aqui e mostraram que não se trata do lugar, e sim de quem ocupa.

Como esquecer o banho de civilidade que deram estes cidadãos nos estádios durante a copa do mundo no Brasil?

É recorrente ouvir reclamações sobre a coleta de lixo em Marabá, mas mesmo o serviço estando regular é comum ver sacolas de lixo doméstico espalhadas nas ruas, muitas das vezes a 50 metros de um cesto.

A população deve se empenhar junto com as medidas adotadas pela gestão sem se isentar de suas obrigações.

Motoristas jogam garrafas e guardanapos pelas janelas de seus veículos, pedestres jogam papéis de balas por onde passam e por aí vai.

Resulta numa aparência suja.

A falta de educação e respeito dos cidadãos para com sua cidade não é de ordem pública.  (Maria Tocantins)