Lívia vem aí

Publicado em 7 de janeiro de 2012

 

Lembram da musa do “Sim”?

Primeiro, o post foi um dos mais comentados, positivamente.

Depois, conversando com Lívia, imaginei o quanto ela poderia trazer ao debate a questão, ainda cheia de preconceitos, do tratamento do câncer, principalmente quando a doença atinge a mulher.

Seria importante “destravar” o tema sob o olhar feminino, narrado por quem carrega as marcas da batalha que o tratamento da enfermidade tanto acarreta.

Livia topou na hora.

Mais: ousou incluir no texto a visão política da falta de políticas públicas em municípios brasileiros, particularmente Marabá.

De militante da causa separatista, Lívia revelou-se uma formadora de opinião, com texto humano pontuado de questionamentos que nos levam à profunda reflexão.

A aguerrida participação dela revelada durante a campanha plebiscitária é apenas um pequeno esboço de quantos valores humanos existem por aí, necessitando, urgentemente, revelarem-se ao olhar público, como fonte de estímulo à formação da cidadania.

De repente, diante do emocionante texto apresentado ao poster, surgiu a ideia de convidar Lívia para fazer parte da coluna de colaboradores do blog.

Ela não apenas aceitou de pronto, como foi logo sugerindo discutir pautas para assuntos a serem redigidos.

Mais dois textos estão em fase de construção, ambos diretamente ligados aos problemas de Marabá.

Inicialmente, estava programado de Lívia Mesquita fazer sua estréia na nova formatação do blog, ainda em fase de elaboração. Mas como o template inicial sugerido não foi aprovado, a nova cara do sítio teve que ser adiada para a próxima quinzena.

Decidimos, então, publicar o texto de estréia de Lívia na segunda-feira, 9.

Tenho certeza que todos os leitores irão aprovar a participação de nossa nova colaboradora.

Ela tem talento. E  está devidamente conectada à proposta.