Hiroshi Bogéa On line

Lideranças do PT se confrontam na Câmara

 

 

Pegou fogo o debate em torno do Processo de Eleição Direta do PT (PED), que escolherá presidentes da legenda, no Pará, ocorrido sábado, na Câmara Municipal de Marabá.

Militantes das três tendências que disputam a presidência municipal da legenda  se enfrentaram, em plenária, aquecendo a discussão entre  os defensores de candidatura própria ao governo do Estado, e aqueles favoráveis ao alinhamento  com a candidatura de Helder Barbalho, do PMDB.

Deputada estadual Bernadete ten Caten, do  PT Pra Valer, foi encurralada pelos defensores de candidato próprio, recebendo críticas  por ter  participado de encontro do PMDB, semana passada, no qual Helder Barbalho expôs o movimento  denominado “Ouvindo o Pará”, espécie de pré-campanha eleitoral  subliminar, que percorre o Estado reunindo filiados peemedebistas.

Principalmente militantes da DS (Democracia Socialista), partiram com força pra cima da deputada, condenando a ida dela ao encontro do  pré-candidato ao governo pelo PMDB.

Bernadete também foi acusada, pela vereadora Toínha Carvalho,  da AS (Ação Socialista), de ter patrocinado a invasão da área do CAT (Centro Agroambiental do Tocantins),  imóvel administrado pela Fetagri e onde os movimentos sociais realizam encontros, debates, fóruns e oficinas.

A Fetagri (Federação dos Trabalhadores na Agricultura) é ligada à vereadora Toínha do PT.

Durante discurso que fez denunciando a participação de Bernadete na invasão da propriedade,  Carvalho revelou a existência de fotos de pessoas ligadas ao PT Pra Valer, controlado na região pelo grupo da deputada estadual, carregando gente para a área de invasão.

Marcelo Alves, da DS, falou da necessidade do PT defender candidatura própria ao governo, e do enfraquecimento do Partido dos Trabalhadores, em Marabá. “Na última eleição isso ficou bem claro, quando a Câmara Municipal teve aumento significativo de cadeiras, passando de 12 para 21 vereadores, e o PT só conseguiu eleger um vereador”.

São candidatos à presidência municipal do PT, Bernadete tem Caten (PTPV), Marcelo Alves (DS) e Toínha Carvalho (AS).

Post de 

3 Comentários

  1. PT MARABÁ

    1 de novembro de 2013 - 15:10 - 15:10
    Reply

    eu estava no debate, a dep Bernadete ficou vermelhinha de raiva. rsrs ela foi encurralada mesmooooo……….. não soube responder, não tem mais argumento para ficar dirigindo o PT, já faz 30 anos na direção dela, este outro rapais au edivilson não sabe o que fala , ele entrou no PT ontem e muito fraquinho, a opinião dele não tem sentido !

  2. EDVILSON

    30 de outubro de 2013 - 13:45 - 13:45
    Reply

    NÃO VI NADA PEGAR FOGO, FUI CONVIDADO A UM ” DEBATE ” MAS VI UM SHOW DE POLITICAGEM UM BESTEIROL DE MARCELO ALVES E TOINHA QUE NÃO MOSTRARÃO NADA DE PROPOSTA E SIM ACUSAÇÕES LEVIANAS E DEFESA DE CANDIDATURA PRÓPRIA, TUDO ISTO PODIA SER ATÉ ARGUMENTANDO, MAS EM OUTRA HORA, O MOMENTO ERA PRA PROPOSTAS DE FUTURA ADMINISTRAÇÃO, PECOU TOINHA E MARCELO.

  3. Rogério Flores

    29 de outubro de 2013 - 15:16 - 15:16
    Reply

    Prezado Hiroshi,

    A deputada Bernadete não foi encurralada. Toinha não acusou o PT PRA Valer de invadir terreno da CAT.
    Faltou dizer que Marcelo é um candidato laranja, pois seus seguidores pediammvoto para Toinha.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *