Hiroshi Bogéa On line

Léo da Cervebrás terá pré-candidatura oficializada para prefeito de Parauapebas

Está marcado para este sábado, 22, o lançamento da pré-candidatura a prefeito de Parauapebas do comerciante Léo da Cervebrás, pelo PSL.

Solenidade ocorrerá na Amaryllis Eventos a partir das 19h30.

Os nomes dos pré-candidatos a vereadores pela legenda também serão oficializados.

O presdente estadual do PSL, médico Manoel Veloso estará presente à solenidade de lançamento das pré-candidaturas  majoritária e proporcionais.

Léo é natural de Chapadinha (MA), de onde partiu em 1986 para fixar residência em Parauapebas.

Léo Alves,  nome de batismo do pré-candidato, passou a ser popularizado como Léo da Cervebrás por manter durante muitos anos a Cerealista Cervebrás, sua primeira atividade comercial  no município.

A cerealista surgiu a partir  do trabalho de camioneiro que Léo  atuava.

Nas viagens que fazia na região de Carajás, comprava arroz, feijão e  milho, para revender na cidade.

Pessoa muito comunicativa, Léo da Cervebrás não teve dificuldades em ir ampliando seus horizontes comerciais.

Em pouco tempo, nas viagens que fazia em seu caminhão para a Bahia, passou a comprar açucar e outros produtos – que também eram revendidos na região de Carajás – agora como espécie de pequeno atacadista.

Visionário, Léo Alves passou a plantar farinha e feijão, na região de Sedere, hoje município de Canaã dos Carajás.

Observando a evolução dos negócios nas viagens que fazia para fora de Parauapebas, Léo adquiriu uma máquina de empacotamento em São Paulo.

Com  a ferramenta, a  farinha e o feijão que produzia em uma área adquirida, passaram a ser empacotados em seu comércio, criando as marcas Diamante e São João e a “farinha Maria”, até hoje uma marca muito conceituada na praça.

Léo foi o primeiro comerciante em Parauapebas a empacotar seus produtos.

Em poucos anos, o comerciante já havia adquirido vários caminhões, que eram usados na distribuição dos produtos que ele comercializava nos municípios de Marabá, Curionópolis, Jacundá, São Félix do Xingu e dezenas de outras cidades das regiões Sul e Sudeste do Pará,

Atualmente, Léo da Cervebrás atua na área da pecuária e desenvolve um projeto de plantação de 40 mil pés de cacau, residindo há 34 anos em Parauapebas.

Post de 

1 Comentário

  1. Antonio Luiz

    21 de agosto de 2020 - 20:12 - 20:12
    Reply

    #TAMOJUNTO Leo rumo a vitória !!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *