Hiroshi Bogéa On line

Leitos de UTI da Região do Carajás estão todos ocupados para tratamento da Covid-19

Marabá está entre os municípios das três regiões de saúde do Pará que aparecem no boletim da Sespa com totalidade ou quase totalidade de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com covid-19.

Na região de do Carajás (20 leitos de UTI) e no Rio Caetés (11 leitos de UTI), o percentual chegou a 100%.

No Baixo Amazonas (10 leitos de UTI), a ocupação atingiu 90%.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa).

Vítimas da doença residentes em Marabá e seu entorno estão tendo como retaguarda a região do Araguaia e o Hospital de Campanha de Belém, onde os leitos de UTI estão com ocupação de 50% e 68,7% respectivamente.

Já a região do Baixo Amazonas conta com a retaguarda do Hospital Regional do Tapajós, que terá, segundo a Sespa, a ampliação de 10 leitos de UTI, aumentando, também, a oferta de leitos para a região do Tapajós.

Quanto à Região Rio Caetés, a Secretaria informou que dispõe de retaguarda por Belém e Bragança.

“O Sistema de Saúde da Sespa está montado para que, em caso de lotação de uma UTI, o paciente possa ser encaminhado para a UTI mais próxima, seja por via terrestre ou aérea”, informou, em nota.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *