Hiroshi Bogéa On line

Leitor aponta área de risco

Comentarista anônimo aponta área de risco próximo a Igreja do Colégio Santo Antonio, no centro de Belém, com suposta participação de flanelinha em onda de roubos.

O alerta serve para que as autoridades marquem presença no local.

Diz o comentarista:

Cheguei há pouco hoje domingo da missa na Igreja do Colégio Sto. Antônio (9às 10) onde sofri tentativa de roubo de meu carro estacionado junto ao muro do Colégio à Rua Gaspar Viana.

As borrachas do vidro direito estavam todas para fora e o vidro sujo, por certo tentariam levar o carro já que não havia nada dentro e era o último da fila estacionada.

A rua é absolutamente deserta e a delegacia que funcionava ali junto no prédio da antiga Central de Polícia foi fechada.

O flanelinha que estava no local, aliás o mesmo que fica no prédio da Receita Federal logo antes esquina com Pte Vargas, correu para dizer que “ninguém” tocara no carro, ora, eu saí de minha garagem com meu carro perfeito direto para lá, portanto soou estranho a defesa do flanelinha e sua insistência sem que lhe fosse perguntado.

O 190 foi acionado e chegou lá meia hora depois mas não pude esperar pois a rua imediatamente ficou deserta e somente o flanelinha e mais dois juntos com ele.

Procurei a Capitania dos Portos para quem relatei o ocorrido mas tbém NÃO PUDE CONTAR COM AJUDA pois lá não fica nenhum guarda de vigia por fora, o que torna o lugar deserto e perigosíssimo.

Por favor, espero que divulgue para aviso dos incautos e de todos os funcionários da Receita sobre o tal flanelinha que lá faz ponto.
Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    21 de junho de 2010 - 21:52 - 21:52
    Reply

    Ha muito que os flanelinhas daquela área agem impunemente praticando furtos em veículos. Polícia neles!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *