Lambanças de um ex-Senador

De boa memória, político lembra que nas eleições de 1986, o deputado federal Ademir Andrade, em sua busca para ser o parlamentar mais votado do Estado, não pensou duas vezes. Baixou a matraca, com discursos ferozes e anti-comunistas, prejudicando e encerrando a carreira política do deputado estadual Paulo Fonteles (PCdoB) à Câmara Federal.

Acha, inclusive, que depois desse episódio, por se encontrar fragilizado sem mandato, Fonteles perdeu a vida.

Ademir Andrade voltaria a usar a mesma tática, ao massacrar em campanha eleitoral o deputado estadual João Batista(PSB), assassinado posteriormente.

Trágico, diz, foi a tentativa do ex-senador do PSB, “mesmo tendo prejudicado aquelas duas incontestes lideranças”, dar o último adeus aos seus antigos companheiros, e passar pelo constrangimento de ser expulso do ambiente pelos familiares das vítimas.