Hiroshi Bogéa On line

Justiça tardia, mas Justiça

 

 

No blog do Ademir Braz:

 

 

A juíza Maria Aldecy de Sousa Pissolatti, da 3ª Vara Cível da Comarca de Marabá, condenou o Estado do Pará a pagar uma indenização de R$ 700 mil aos familiares do advogado Gabriel Sales Pimenta, assassinado em 18 de julho de 1982, em Marabá.
A sentença de 1º grau foi publicada no Diário da Justiça de quinta-feira (07/10). A ação foi proposta pelos advogados da Comissão Pastoral da Terra – CPT Marabá, em razão de o crime ter prescrito em 2006. Foram 24 anos de tramitação do processo e nenhum dos acusados levado ao tribunal do júri. O mandante do crime, Manoel Cardoso Neto, o Nelito, irmão do ex-governador de Minas Gerais Newton Cardoso, chegou a ser preso em 2005, mas foi solto após o Tribunal de Justiça declarar a prescrição do crime.

 

Para ler  o texto completo.

Post de 

2 Comentários

  1. Spam

    7 de outubro de 2011 - 18:57 - 18:57
    Reply

    Apareceu a margarida. Meu Deus, que saudades que me deu de ler as abobrinhas da Spam. Hiroshi, voce está proibido de colocar a Spam na geladeira. Faça-me um favor…

  2. Karla Maues

    7 de outubro de 2011 - 13:45 - 13:45
    Reply

    Em se tratando de Justiça, eu realmente não consigo entender nada.
    Mataram o cidadão,….. o crime prescreveu….. o assassino foi solto…e o Estado é que vai pagar a conta? Bem como estamos no Brasil, tudo é possivel.
    O Pimenta Neves é reu confesso e nem porisso o coitado foi preso. Quem mandou ela morrer? Daqui há pouco é assim que vamos nos acostumar a pensar. Nossa capacidade de indignar-nos tem um limite . Mas e se fosse na nossa casa? Ai estariamos clamando por Justiça obviamente.
    Enfim, cabe recurso e levará mais 26 anos para que o Estado pague uma importância que nem de longe compensará a perda de uma vida!
    Desesperar jamais… aprendemos muito nesses anos. afinal de contas nao tem cabimento. desistir do jogo no primeiro tempo……

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *