Justiça Eleitoral cassa diplomas de Darci Lermen e de seu vice, João José Trindade

O juiz eleitoral de Parauapebas julgou procedentes os argumentos da promotoria eleitoral do município, determinando a cassação dos diplomas do prefeito do município, Darci José Lermen; e de seu vice, João José Trindade, o “João do Verdurão”.

Na sentença publicada na tarde desta quarta-feira, 9, o juiz  Celso Quim Filho determina o afastamento dos dois políticos de seus cargos ao mesmo tempo em que decreta a inelegibilidade de ambos pelo período de oito anos.

A representação julgada pelo juiz é originária da 3ª Promotoria Cível de Parauapebas

A promotora Crystina Michiko Taketa Morikawa, apresentou parecer favorável ao acatamento da Representação Especial Eleitoral movida pela Comissão Provisória do PRTB em Parauapebas contra o prefeito Darci Lermen e seu vice, João José Trindade, com fundamento no Art. 30-A, da Lei 9.504/1997, visando que seja reconhecida a prática de captação ilícita de recursos para fins eleitorais, e por conseguinte, seja cassado o diploma dos representados, além da reflexa inelegibilidade prevista na Lei Complementar nº 64/1990.

Os advogados de Darci e João Trindade já preparam recurso para a manutenção dos dois em seus respectivos cargos.

Na ausência do prefeito, quem assume a função é o presidente da Câmara Municipal.