Juiz responde ao blog

Publicado em 24 de dezembro de 2008

Juiz de Direito de Marabá, César Dias de França Lins, envia esclarecimentos a respeito do post   Ana, Albanira e César:

Sobre este assunto não respondi a nenhum jornal, pois não quero polemizar sobre a justificativa do Sr. Secretário. Agora, por ser seu leitor e respeitá-lo como jornalista sério, vou esclarecer o fato! Primeiro, que a Desa. Albanira nunca ligou para mim, pelo simples fato que decisão judicial é imune à intervenção administrativa, devendo os insatisfeitos recorrerem da decisão judicial, e isto não foi feito. Segundo, foi determinado que a Polícia consertasse os seus pedidos para se enquadrar inclusive a Resolução do CNJ, já que o nível dos pedidos estava altamente deficitário. Nada feito.Terceiro, que a Polícia encontrou outro juiz para conceder as interceptações, tanto que no próprio jornal eles dizem que estavam monitorando, com o NIP, os assaltantes do BB de Itupiranga. Não havia por que consertar o determinado! Quarto, só se tem antipatia quando a gente conhece alguém, e no expediente por escrito à Presidente, eu he disse que, para rebater provocação do Sr. Secretário, entendia que os cargos de juiz e/ou promotor não eram menos importante do que os do Sr. Secretário e Governbadora para não se ter segurança como eles têm. Isto está gravado. Nunca houve qualquer falta disciplinar de minha parte, e nem sairei da minha Vara por pressão ou punição, mas sim, em primeira mão, para outra Comarca, por concurso de remoção que estou inscrito, mas perto de Belém, o mais breve possível. O pior é que no outro dia queimaram o forum de Igarapé-Mirim, e ele não pode colocar a culpa no Judiciário, pois diriam que ele estaria contribuindo para a destruição dos Foruns do Pará. Desta vez assumiu a falta de efetivo para violência! Vou ser pai, e o meu filho, qualidade de vida, trabalhar ainda mais, paz, é o que me interessam. Feliz Natal e abraços do seu leitor assíduo e que lhe admira pela clareza da sua qualidade jornalística. 

César Dias de França Lins.

Juiz