Hiroshi Bogéa On line

Juiz Jônatas Andrade confirma ameaças de morte

 

Durante sessão especial realizada pelos advogados na Câmara Municipal de Marabá, objetivando repercutir os seguidos casos de violência praticados contra profissionais  da área do Direito, o juiz do trabalho Jônatas Andrade da Conceição  ratificou as ameaças de morte  que vinha  sofrendo.

O encontro na Câmara reuniu advogados, políticos e autoridades da área de segurança.

Uma faixa significativa com a frase “Até quando os advogados do Pará serão assassinados por pistoleiros?”, demonstrava toda a indignação dos advogados.

Nos últimos dois anos,  segundo Haroldo Garcia,  presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ,  cinco advogados foram mortos no Pará. “A OAB trouxe a discussão dessa violência que está havendo em toda a sociedade. Esse homicídio que houve em Parauapebas foi apenas o estopim para essa indignação”, afirma.

O major comandante do 4º Batalhão de Polícia em Marabá, José Eduardo Cardoso, diz que faz um trabalho intensivo na região para combater a criminalidade, inclusive as ameaças contra os advogados. “Os índices de violência e criminalidade estão diminuindo, isso de uma forma geral contribui para dar um pouco mais de segurança para toda a população e inclusive para os advogados”, afirmou.

Post de 

1 Comentário

  1. herminio Costa

    21 de novembro de 2013 - 14:25 - 14:25
    Reply

    Hiroshy,
    Esse major dizer que índices de criminalidade, está diminuindo. só se for no interior do palácio dos despachos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *