Juiz do Trabalho participa de bate papo com jovens empresários

Publicado em 1 de junho de 2015

Jônatas Andrade, juiz  da 1a Vara do Trabalho 8a Região, esteve na sede da Associação Comercial e Industrial de Marabá participando de encontro com o  Conjove –  Conselho de Jovens Empresários de Marabá  -, a quem deu palestra sobre condutas, direitos e deveres dos empregadores  -, além de ter abordado os efeitos da chamada Terceirização na vida das pessoas que atuam no mercado de trabalho.

O tema “terceirização” foi alvo de muitos questionamentos.

Jônatas citou, como exemplo, o crescimento do desemprego, e lembrou a obra de Belo Monte, cujas empresas chinesas que atuam no empreendimento deverão trazer para Altamira cerca de cinco mil   chineses, para substituírem os brasileiros, reconhecidamente mão-de-obra mais qualificada.

Jônatas lembrou que “o trabalho escravo contemporâneo poderá se acentuar, em alguns setores da economia brasileira, caso a terceirização seja regulamentada.”

Jovens empresários cercam o juiz Jônaras Andrade, ao centro.
Jovens empresários cercam o juiz Jônatas Andrade.