Juiz decreta prisão de secretário acusado de estupro

Publicado em 10 de abril de 2012

 

 

 

Canaã dos Carajás (Maria Julinha de Adelaide)  –  Atendendo solicitação do Ministério Público, o juiz de Direito de Canaã dos Carajás, Lauro Fontes Junior, decretou a prisão domiciliar de Jurandir Ferreira, todo poderoso auxiliar do prefeito Itamar Francisco que acumula as secretarias de  Gestão e Planejamento e a Chefia de Gabinete.

Jurandir é acusado de estuprar uma funcionária pública.

O secretário terá liberdade para trabalhar durante o dia, mas, a partir das 20 horas, obrigatoriamente terá que se recolher em sua residência, sob pena de ter a prisão definitiva decretada pela autoridade. Em seu despacho, o juiz determina ainda a proibição de  Jurandir aproximar-se até  200 metros da servidora supostamente estuprada – além de não poder se afastar dos limites do município.

Obriga-se, ainda, a se apresentar a cada 15 dias ao juizado da Comarca.