JT condena Vale em R$ 300 milhões

Publicado em 11 de março de 2010

Pela primeira vez, a Vale e cerca de 38 empresas terceirizadas são condenadas pela Justiça do Trabalho a pagar indenização que passam de R$ 300 milhões, por prática de dumping social, dano moral coletivo, e outras lesões trabalhistas praticadas pela mineradora e demais empresas nos projetos em implantação na área de influência de Carajás.
A decisão é histórica.

A sentença determina que a Vale reverta as indenizações às próprias comunidades lesadas em seus respectivos municípios, “por via de projetos derivados de políticas públicas, de defesa e promoção dos direitos humanos do trabalhador”.

A sentença, com 198 páginas, pode ser lida neste link.